Share: Share on Facebook Share on Twitter Share on LinkedIn I recommend visiting cushmanwakefield.com to read:%0A%0A {0} %0A%0A {1}

O novo papel do escritório afeta o design e os serviços do espaço

8/28/2023

Com a maioria dos funcionários enxergando o escritório como um lugar para se conectar, prevemos uma mudança no design e nos serviços do espaço de escritório, onde os ambientes de trabalho reverterão os tradicionais dois terços de espaço de desking e um terço de espaço colaborativo para um terço de desking e dois terços de espaço colaborativo.

Desde 2017, a Cushman & Wakefield já coletou mais de 10 milhões de pontos de dados, em mais de 130 empresas e em 100 países, em seu estudo Experience Per Square Foot™ (XSF). O estudo revelou que o novo papel do escritório – agora um local onde os colaboradores vão em busca de conexão, socialização e criatividade - afeta o design e os serviços disponíveis.

Experience Per Square Foot

À medida que a densidade de funcionários por metro quadrado no escritório continua a diminuir, também prevemos um local de trabalho que se assemelhará a um centro de convivência, onde as pessoas intencionalmente irão para interagir, debater, aprender e comemorar juntas. Isso significa uma mudança nos nossos serviços de local de trabalho também, pois os funcionários se tornarão mais como hóspedes, onde eles podem não ter um assento atribuído e onde os serviços de hospitalidade e concierge podem ser fornecidos.

Essas empresas também entendem que um tamanho não serve para todos, e que diferentes segmentos da força de trabalho provavelmente terão respostas muito diferentes para a experiência de trabalho atual. As melhores empresas percebem que a frequência no escritório é uma decisão em conjunto, onde as equipes se reúnem para desenvolver seus próprios horários e frequência que funciona melhor para todos.

As pessoas precisam de ambientes de trabalho inspiradores
A inspiração no ambiente de trabalho — incluindo as políticas, a cultura e o local de trabalho da empresa — é o principal atributo para o engajamento dos funcionários e os resultados da experiência no local de trabalho. Os empregadores devem se concentrar na experiência do funcionário, descobrindo o que inspira as pessoas a desejarem estar no escritório e, em seguida, investir nesses recursos.

Nossa pesquisa e análise estatística nos mostraram que de 40 atributos do local de trabalho, em seis categorias – design do local de trabalho, tecnologia, amenidades e meio ambiente, social e governança (ESG), serviços, localização e marca – apenas cerca de 20% a 25% impulsionam a experiência das pessoas e fornecem valor significativo.

Isso varia de acordo com a região, o mercado e o nível do edifício. Por meio de uma metodologia baseada em evidências, baseada em dados, impulsionada pela voz do funcionário, as empresas podem se concentrar no que importa e identificar os atributos de experiência no local de trabalho que deve investir.

Nossa pesquisa mostrou que existem mais de 80 comodidades nas quais as empresas podem investir, as quais se enquadram em quatro categorias:

Bem-estar (fitness, alimentos saudáveis, trilhas ecológicas)
Equilíbrio entre vida pessoal e profissional (refeições rápidas, loja, caixa eletrônico)
Social (concertos, clubes, aulas de culinária)
Benefícios da empresa (café ou estacionamento gratuitos)

Por meio do diagnóstico dos próprios funcionários, o XSF ajudou a descobrir as comodidades que importam. Estamos substituindo suposições e subjetividade por dados de voz de funcionários e análises preditivas, reduzindo custos, enquanto nos concentramos nas comodidades que farão a diferença para atrair uma força de trabalho talentosa para o escritório.

Um foco em ambientes que apoiem o bem-estar é fundamental, já que vimos um declínio constante da sensação de bem-estar das pessoas desde antes da pandemia – de 73% em 2019 para 39% em 2022.

Cushman & Wakefield Experience Per Square Foot™
Em todo o mundo, clientes estão utilizando o XSF, da Cushman & Wakefield, para entender as necessidades dos colaboradores e adequar seus espaços e políticas de forma mais assertiva.

Entre os relatos estão melhorias no local de trabalho que facilitaram a transição dos colaboradores de volta ao escritório, economia com gastos em amenidades que não teriam tido impacto, acesso a dados que mostram como o espaço impacta os colaboradores, entre outros.

Entre em contato com nosso time de especialistas e saiba como implantar o XSF em sua empresa.

ARTIGOS APRESENTADOS

FM Pilares
Artigo • Facilities Management

Facility Management: pilares da implementação e gestão assertivas

Ao atuar em qualquer área do mercado imobiliário, o conhecimento e o domínio técnico são de grande importância para atingir os melhores resultados e buscar a melhoria contínua.

Rodrigo Costev • 11/7/2023
Facilities Padroes
Artigo • Facilities Management

Gerenciamento de facilities: como criar padrões?

O Gerenciamento de facilities tem como foco diário manter em condições ideais de operação grandes edificações como complexos multiúso, shopping centers, condomínios, escolas, lojas, agências bancárias, lajes corporativas, parques/clubes de lazer, etc.

Rodrigo Costev • 9/5/2023
Facilities Missao Critica
Artigo • Facilities Management

Gerenciamento de Facilities para Missão Crítica

Ambientes de missão crítica referem-se a setores e infraestruturas nos quais a continuidade operacional é essencial para a segurança, saúde e economia.

Rodrigo Costev • 8/22/2022

NÃO ENCONTROU O QUE PROCURA?

Entre em contato com um de nossos profissionais.

A Cushman & Wakefield utiliza cookies para analisar o tráfego e melhorar a experiência de navegação do usuário neste website. Feche este diálogo para confirmar o seu consentimento, ou visite esta página para saber mais:
Informações Importantes sobre cookies

Mais opções
Concordar e Fechar
These cookies ensure that our website performs as expected,for example website traffic load is balanced across our servers to prevent our website from crashing during particularly high usage.
These cookies allow our website to remember choices you make (such as your user name, language or the region you are in) and provide enhanced features. These cookies do not gather any information about you that could be used for advertising or remember where you have been on the internet.
These cookies allow us to work with our marketing partners to understand which ads or links you have clicked on before arriving on our website or to help us make our advertising more relevant to you.
Agree All
Reject All
SAVE SETTINGS

Com a maioria dos funcionários enxergando o escritório como um lugar para se conectar, prevemos uma mudança no design e nos serviços do espaço de escritório, onde os ambientes de trabalho reverterão os tradicionais dois terços de espaço de desking e um terço de espaço colaborativo para um terço de desking e dois terços de espaço colaborativo.

Desde 2017, a Cushman & Wakefield já coletou mais de 10 milhões de pontos de dados, em mais de 130 empresas e em 100 países, em seu estudo Experience Per Square Foot™ (XSF). O estudo revelou que o novo papel do escritório – agora um local onde os colaboradores vão em busca de conexão, socialização e criatividade - afeta o design e os serviços disponíveis.

Experience Per Square Foot

À medida que a densidade de funcionários por metro quadrado no escritório continua a diminuir, também prevemos um local de trabalho que se assemelhará a um centro de convivência, onde as pessoas intencionalmente irão para interagir, debater, aprender e comemorar juntas. Isso significa uma mudança nos nossos serviços de local de trabalho também, pois os funcionários se tornarão mais como hóspedes, onde eles podem não ter um assento atribuído e onde os serviços de hospitalidade e concierge podem ser fornecidos.

Essas empresas também entendem que um tamanho não serve para todos, e que diferentes segmentos da força de trabalho provavelmente terão respostas muito diferentes para a experiência de trabalho atual. As melhores empresas percebem que a frequência no escritório é uma decisão em conjunto, onde as equipes se reúnem para desenvolver seus próprios horários e frequência que funciona melhor para todos.

As pessoas precisam de ambientes de trabalho inspiradores
A inspiração no ambiente de trabalho — incluindo as políticas, a cultura e o local de trabalho da empresa — é o principal atributo para o engajamento dos funcionários e os resultados da experiência no local de trabalho. Os empregadores devem se concentrar na experiência do funcionário, descobrindo o que inspira as pessoas a desejarem estar no escritório e, em seguida, investir nesses recursos.

Nossa pesquisa e análise estatística nos mostraram que de 40 atributos do local de trabalho, em seis categorias – design do local de trabalho, tecnologia, amenidades e meio ambiente, social e governança (ESG), serviços, localização e marca – apenas cerca de 20% a 25% impulsionam a experiência das pessoas e fornecem valor significativo.

Isso varia de acordo com a região, o mercado e o nível do edifício. Por meio de uma metodologia baseada em evidências, baseada em dados, impulsionada pela voz do funcionário, as empresas podem se concentrar no que importa e identificar os atributos de experiência no local de trabalho que deve investir.

Nossa pesquisa mostrou que existem mais de 80 comodidades nas quais as empresas podem investir, as quais se enquadram em quatro categorias:

Bem-estar (fitness, alimentos saudáveis, trilhas ecológicas)
Equilíbrio entre vida pessoal e profissional (refeições rápidas, loja, caixa eletrônico)
Social (concertos, clubes, aulas de culinária)
Benefícios da empresa (café ou estacionamento gratuitos)

Por meio do diagnóstico dos próprios funcionários, o XSF ajudou a descobrir as comodidades que importam. Estamos substituindo suposições e subjetividade por dados de voz de funcionários e análises preditivas, reduzindo custos, enquanto nos concentramos nas comodidades que farão a diferença para atrair uma força de trabalho talentosa para o escritório.

Um foco em ambientes que apoiem o bem-estar é fundamental, já que vimos um declínio constante da sensação de bem-estar das pessoas desde antes da pandemia – de 73% em 2019 para 39% em 2022.

Cushman & Wakefield Experience Per Square Foot™
Em todo o mundo, clientes estão utilizando o XSF, da Cushman & Wakefield, para entender as necessidades dos colaboradores e adequar seus espaços e políticas de forma mais assertiva.

Entre os relatos estão melhorias no local de trabalho que facilitaram a transição dos colaboradores de volta ao escritório, economia com gastos em amenidades que não teriam tido impacto, acesso a dados que mostram como o espaço impacta os colaboradores, entre outros.

Entre em contato com nosso time de especialistas e saiba como implantar o XSF em sua empresa.